segunda-feira, outubro 15, 2007

SCBraga promete mas perde na sua estreia na A1

O SCBraga estreou-se com uma derrota por 3-1 (21-25; 25-22; 26-24 e 25-23) nos Açores frente ao Clube K, neste seu regresso à A1. Numa partida pautada pelo equilíbrio, as arsenalistas entraram bem, venceram o 1º set, mas depois acusaram a sua inexperiência nestas andanças, cometendo alguns erros infantis nos momentos decisivos dos 3º e 4º sets.

Frente a um Clube K que conta com, nada mais, nada menos, do que seis estrangeiras no seu sete inicial (apenas a distribuidora é portuguesa), o SCBraga fez alinhar um sete inicial todo ele português, sendo que cinco dessas atletas são produtos das suas escolas de formação.

A partida teve início com as bracarenses a surpreenderem as insulares com um serviço agressivo, colocando sempre muitas dificuldades à recepção adversária. O primeiro set foi averbado pelas arsenalistas por 21-25.

No segundo set, as açorianas estiveram melhor e conseguiram restabelecer a igualdade no marcador, vencendo pelo parcial de 25-22. Os restantes dois sets foram muito equilibrados, como os parciais indicam – 26-24 e 25-23 – com a equipa de Ponta Delgada a fazer valer a sua maior experiência e maturidade competitiva. O final dos 3º e 4º sets ficou marcado pelos erros cometidos pelas arsenalistas, fruto da sua menor experiência, e que se revelaram decisivos nas contas finais.

O Clube K perante o seu público demonstrou uma atitude defensiva acima da média, conseguindo por diversas vezes recuperar bolas “impossíveis”, um pouco à custa de alguma felicidade, mas sobretudo à custa da grande exibição em termos defensivos da sua libero brasileira (que não esteve tão bem na recepção ao serviço bracarense).

No final da partida, e em conversa telefónica, o técnico arsenalista, Prof. João Lucas, dizia-nos estar “naturalmente triste pela derrota, tanto mais que tivemos uma vantagem importante nos 3º e 4º sets e poderíamos ter saído daqui com uma vitória”. Por outro lado estava satisfeito com o desempenho da equipa neste 1º jogo pois “provámos que temos uma equipa para a A1, que somos uma equipa com argumentos que nos permitem lutar pela vitória com qualquer uma das equipas do nosso campeonato. Não temos, nem teremos estrangeiras, não temos, nem teremos vedetas, temos sim um grupo que vale pelo seu todo. A nossa equipa é uma equipa muito renovada e muito jovem, e hoje, em certos momentos do jogo, pagou um pouco a factura dessa juventude e dessa menor experiência. A maior parte destas novas jogadoras ainda estão numa fase de adaptação, outras ainda não se encontram no seu melhor momento de forma e eu sei que o processo de construção de uma equipa necessita de tempo de treino e de jogos, mas as indicações que a equipa e as atletas deram aqui hoje, foram muito positivas. Tenho muito orgulho pelo que hoje as minhas miúdas aqui fizeram”.

O Sporting de Braga frente ao Clube K alinhou com o seguinte sete inicial:
Xana Fernandes (libero); Telma Fernandes e Sara Bernardo (centrais), Kariny Silva e Luísa Rocha (pontas), Sara Barata (oposta) e Catarina Dias (distribuidora).
Jogaram ainda: Vânia Lages, Marta Silva, Bárbara Julião, Xana Silva e Xana Machado.

Na próxima jornada, 21 de Outubro, o SCBraga recebe na Universidade do Minho pelas 17 horas a equipa do Gueifães, que este fim-de-semana surpreendeu nos Açores batendo a equipa do Ribeirense por 3-1. O outro jogo desta 1ª jornada decorreu na Madeira, com a equipa do Ala de Gondomar a ser batida pelo Câmara de Lobos, também por 3-1.

Texto e Fotografia: Nuno Gonçalves

2 comentários:

Ex-T.A. disse...

Sei que o Resultado não foi o melhor, mas a exibição foi boa...
Deixaram indicadores que num futuro próximo, vão ser capazes de começar a atingir os objectivos que foram inicialmente definidos.

Mts Parabéns Meninas!!

Depois deste início um pouco atribulado, espero que agora consigam Todas estar sempre a 100% nos Treinos e Jogos.

Bjs e Abraços.

zedovolei disse...

nao é problematico perder com uma equipa que tem mais argumentos quantitativos...
mas esta equipa do braga tem que aprender rapidamente que a este nivel tem que aproveitar todos os momentos favoraveis e minimizar os desfavoraveis ... é necessario ganhar vantagem e controlar o marcador atraves da auto confiança e disponibilidade .. parabens ... mas terão que fazer sempre melhor , pois é esse o caminho do sucesso.